O Biólogo > Áreas de Atuação do Biólogo

As áreas da Biologia

Campos de atuação para o profissional Biólogo

Olá, amigos. Hoje gostaria de mostrar a vocês alguns dos diversos ramos da biologia.

Quando estudei psicologia, alguns anos atrás, percebi que era muito comum os alunos entrarem no curso sem ter a menor ideia do seu futuro ramo de trabalho. Muitos alunos conheciam apenas a psicologia clínica, mas não conheciam as outras diversas áreas de atuação da profissão: psicologia escolar, educacional, organizacional, etc. E tampouco conhecíamos as abordagens analíticas como a psicanálise, o behaviorismo, humanismo, existencialismo, etc.

Hoje, curso biologia, e percebi que aqui as coisas também não são muito diferentes.

Embora a maioria dos estudantes já saiba se prefere Zoologia, Botânica ou Genética, poucos conhecem a vastidão da área de atuação do profissional biólogo.

Por isso eu fiz uma pesquisa e selecionei algumas das principais formas de atuação desta linda profissão.

A Biologia

Biologia (do grego βιος - bios = vida e λογος - logos = estudo), ou seja, o estudo da vida, é a antiga ciência que visa estudar a vida. Porém, ela só foi considerada um campo específico da ciência em 1802. E foi somente no final do ano de 1979, que a profissão "Biólogo" foi regulamentada no Brasil.

Nesse sentido, a profissão de biólogo é bem recente, e abrange ampla área de estudo, com diversos ramos. Vamos a eles:

Zoologia

 Zoologia (proveniente do grego Ζώο, zoon "animal", e λόγος, -logos "estudo") é a ciência que estuda os animais. Vertebrados e Invertebrados.
No grupo dos Vertebrados estão as Aves, Peixes, Répteis, Anfíbios e Mamíferos. Já o grupo dos Invertebrados é mais extenso, e dele fazem parte os seguintes filos: Porifera, Cnidaria, Ctenophora, Platyhelminthes, Nemertea, Gnathostomulida, RotiferaAnnelida, Pogonophora, Sipuncula, Echiura, Priapulida, Pentastomida, Onycophora, Tardigrada, Arthropoda, Monoblastozoa, Trilobozoa,Archaeocyatha, Proarticulata e três subfilos do filo dos Cordados: Urucordados, Cefalocordados e Hyperotreti.

Botânica

Botânica (do grego botané, que significa "planta"). É o estudo científico da vida das plantas e algas. Como um campo da biologia, é também muitas vezes referenciado como a Ciência das Plantas ou Biologia Vegetal. 
A Botânica abrange uma miríade de disciplinas científicas que estudam crescimento, reprodução, metabolismo, desenvolvimento, doenças e evolução da vida das plantas.

Microbiologia

Microbiologia estuda os microrganismos, incluindo eucariontes unicelulares e procariontes, como as bactérias, fungos e vírus. A maioria dos trabalhos em microbiologia é feita com métodos de bioquímica e genética. Também é relacionada com doenças, já que muitos organismos são patogênicos. Aqui também inclui virologia e bacteriologia.

Citologia

Citologia é a chamada Biologia Celular. É o ramo da biologia que estuda as células e sua estrutura, suas funções, morfologia, aspectos bioquímicos e sua importância na complexidade dos seres vivos.

Histologia

Histologia (do grego hystos = tecido + logos = estudo) é o estudo dos tecidos biológicos de animais e plantas, sua formação, estrutura e função. Ela ainda pode ser conceitualmente dividida em Histologia Animal, Histologia Humana, e Histologia Vegetal.

Genética

Genética (do grego genno; fazer nascer) é a ciência dos genes, da hereditariedade e da variação dos organismos. Ramo da biologia que estuda a forma como se transmitem as características biológicas de geração para geração.

Biologia Molecular

Biologia Molecular é o estudo da Biologia em nível molecular, com especial foco no estudo da estrutura e função do material genético e seus produtos de expressão, as proteínas. Mais concretamente, a Biologia Molecular investiga as interações entre os diversos sistemas celulares, incluindo a relação entre DNA, RNA e síntese proteica. É um campo de estudo alargado, que abrange outras áreas, em especial Genética e Bioquímica.

Biologia Marinha

A Biologia Marinha é o estudo dos organismos que vivem em ecossistemas de água salgada e das relações entre eles e com o ambiente. Considerando que os oceanos ocupam 71% da superfície terrestre, podemos ter uma boa noção da amplitude do campo de estudo da biologia marinha.

Sistemática

A Sistemática é a ciência dedicada a inventariar e descrever a biodiversidade e compreender as relações filogenéticas entre os organismos. Inclui a taxonomia (ciência da descoberta, descrição e classificação das espécies e grupo de espécies, com suas normas e princípios) e também a filogenia (relações evolutivas entre os organismos). Em geral, diz-se que compreende a classificação dos diversos organismos vivos. Em biologia, os sistematas são os cientistas que classificam as espécies em outros táxons a fim de definir o modo como eles se relacionam evolutivamente.

Biologia Evolutiva

A Biologia Evolutiva é uma subdivisão da biologia que estuda a origem e a descendência das espécies, bem como suas mudanças ao longo do tempo, ou seja, sua evolução. O estudioso da biologia evolutiva é comumente conhecido como biólogo evolutivo ou evolucionista.

Fisiologia

A Fisiologia (do grego physis = natureza, função ou funcionamento; e logos = palavra ou estudo) é o ramo da biologia que estuda as múltiplas funções mecânicas, físicas e bioquímicas nos seres vivos. De uma forma mais sintética, a fisiologia estuda o funcionamento do organismo. E é estudada em diversas áreas, inclusive da saúde como Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, FisioterapiaFonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Psicologia, Terapia Ocupacional, Ergonomia, dentre outras biológicas.

Ecologia

A Ecologia é a ciência que estuda as interações entre os organismos e seu ambiente, ou seja, é o estudo científico da distribuição e abundância dos seres vivos e das interações que determinam a sua distribuição. As interações podem ser entre seres vivos e/ou com o meio ambiente. A palavra Ecologia tem origem no grego "oikos", que significa casa, e "logos", estudo. Logo, por extensão seria o estudo da casa, ou, de forma mais genérica, do lugar onde se vive.

Biologia Sistêmica

Biologia Sistêmica é o estudo das interações entre as componentes de um sistema biológico, e como essas interações fazem emergir função e comportamento no sistema. Nas palavras de Leroy Hood, um dos maiores entusiastas da Biologia Sistêmica mundial, "Biologia Sistêmica é a ciência de descobrir, modelar, entender e, em última instância, projetar as relações dinâmicas entre as moléculas biológicas que definem os organismos vivos".

Biologia da Conservação

A Biologia da Conservação foi cristalizada como uma disciplina devido não somente ao crescimento da percepção de uma crise de extinção, mas também devido à percepção de uma lacuna entre ecólogos e manejadores de recursos (Meine, 1995) e desenvolvida para combater a crise da biodiversidade, com dois objetivos principais: primeiro, entender os efeitos da atividade humana sobre as espécies, comunidades e ecossistemas, e, segundo, desenvolver abordagens práticas para prevenir a extinção de espécies e, se possível, reintegrar as espécies ameaçadas ao seu ecossistema funcional (Primack e Rodrigues, 2001).

Bioética

Bioética (grego: bios, vida + ethos, relativo à ética) é o estudo transdisciplinar entre Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Filosofia (Ética) e Direito (Biodireito) que investiga as condições necessárias para uma administração responsável da Vida Humana, animal e responsabilidade ambiental. Considera, portanto, questões onde não existe consenso moral como a fertilização in vitro, o aborto, a clonagem, a eutanásia, os transgênicos e as pesquisas com células tronco, bem como a responsabilidade moral de cientistas em suas pesquisas e aplicações.

Biologia do Desenvolvimento

A Biologia do Desenvolvimento é a disciplina da biologia que estuda o desenvolvimento dos seres vivos em suas diversas fases. Abrange o crescimento e a diferenciação celular, e a morfogênese.
Temos à disposição o livro Biologia do Desenvolvimento, de Gilbert. Baixe aqui! Grátis.

Etologia

Etologia (do grego: ἦθος ethos, "ser" ou "personalidade" e -λογία -logia, "estudo") é a disciplina que estuda o comportamento animal. Esta ciência está ligada à Zoologia e à Teoria da Evolução, tendo como uma de suas preocupações básicas a evolução do comportamento através do processo de seleção natural. O estudo da conduta ou etologia, tornou-se uma importante ciência interdisciplinar que procura interligar a fisiologia, a ecologia e a psicologia.

Imunologia

Imunologia é o ramo da biologia que estuda o sistema imunitário (ou imunológico) de todos os organismos. Ele lida, entre outras coisas, com o funcionamento fisiológico do sistema imune de um indivíduo no estado sadio ou não, mal funcionamento do sistema imune em casos de doenças imunológicas (doenças autoimunes, hipersensitividade, deficiência imune rejeição pós enxerto); características físicas, químicas e fisiológicas dos componentes do sistema imune in vitro, in situ e in vivo. O ramo da imunologia que estuda a sua interação com o comportamento e o sistema neuroendócrino chama-se psiconeuroimunologia.

Biotecnologia

Biotecnologia é tecnologia baseada na biologia, especialmente quando usada na agricultura, ciência dos alimentos e medicina. Através da biotecnologia utiliza-se organismos vivos (ou parte deles), para a produção de bens e serviços, a favor da humanidade. Exemplo: a produção de alimentos fermentados. Por outro lado a biotecnologia moderna se considera aquela que faz uso da informação genética, incorporando técnicas de DNA recombinante.
A biotecnologia combina disciplinas tais como genética, biologia molecular, bioquímica, embriologia e biologia celular, com a engenharia química, tecnologia da informação, robótica, bioética e o biodireito, entre outras.

Paleontologia

Paleontologia (do grego palaiós, antigo + óntos, ser + lógos, estudo) é a ciência que estuda a vida do passado do planeta Terra e o seu desenvolvimento ao longo do tempo geológico, bem como os processos de integração da informação biológica no registro geológico, isto é, a formação dos fósseis.

Etnobiologia

Etnobiologia é o estudo científico da dinâmica de relacionamentos entre pessoas e seus grupos culturais, desde o passado distante até o presente.

Embriologia

A Embriologia é a ciência que trabalha a formação dos órgãos e sistemas de um animal, a partir de uma célula . Faz parte da biologia do desenvolvimento.
Um biólogo é oficialmente considerado embriologista quando trabalha 5 anos neste ramo da biologia. É também um bonito trabalho de colaboração do desenvolvimento de embriões.

Micologia

A Micologia trata do estudo dos fungos, sua classificação, sistemática, morfologia e características em geral.

Veja também:
______________________________________________________________________

2 comentários:

Marcilene da Silva disse...

MUITO BOM...
SABER EM QUAIS ÁREAS SE DIVIDE A BIOLOGIA É DE SUMA IMPORTÂNCIA PARA O BIÓLOGO.

milena santos oliveira disse...

muito bom ameeei ter descoberto isso você fez um ótimo trabalho parabéns!

Postar um comentário